top of page

A eleição presidencial e o pecado da omissão

(…) mas livra-nos do mal. (…) Amém! ” Mt. 6:13b


Por ocasião do segundo turno, o povo brasileiro será novamente convocado às urnas no próximo dia 30 de outubro a fim de eleger seu novo presidente da República.


Não se trata de uma eleição comum, pois estamos diante de uma explícita polarização de valores, onde cada cidadão votará no candidato que mais lhe representa, não somente no campo das ideias e planos de governo, mas principalmente em razão dos valores morais e espirituais que estão em pauta.


Neste contexto e, diante de candidatos com perfis tão discrepantes, é lamentável e até surpreendente que mais de trinta milhões de brasileiros se abstiveram de votar no primeiro turno, aparentemente despreocupados e alheios ao incerto futuro do Brasil.


Por isso, vale-nos lembrar em caráter de urgência o que diz a epístola universal de Tiago, no seu capítulo 4, verso 17: “Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado.”


Isto significa, que se você sabe e está em suas mãos a capacidade de fazer o bem, mas decide não fazê-lo, seja por preguiça, indiferença ou por razões pessoais mesquinhas, você estará deliberada ou inconscientemente pecando contra Deus e contra o próximo.


Para sua defesa, talvez você tenha sido só mais um daqueles que preferiu não votar porque julga que nenhum dos candidatos o representa ou que nenhum seja digno de sua confiança, no entanto, é preciso entender que, independentemente de sua abstenção, logo um deles governará o nosso país e terá autoridade sobre a sua vida e de sua família, quer você queira ou não! E “Quando os justos se engrandecem, o povo se alegra, mas quando o ímpio domina, o povo geme. ” Pv. 29:2


Desta forma, dirijo-me a você, eleitor cristão, que porventura tenha sido omisso no primeiro turno, que neste segundo, cumpra honradamente seu dever cívico ao voto e se posicione destemidamente em favor dos valores e princípios bíblicos, que se observados, farão do Brasil uma nação próspera e bem-aventurada!


“Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo ao qual escolheu para sua herança.” Sl 33:12


Que o Senhor abençoe e salve o Brasil!








Comments


bottom of page