top of page

Ansiedade, Medo e Preocupação

Em vez de ficar ansioso, com medo e preocupado, é preciso confiar em Deus, porque “… Ele tem cuidado de vós.” (1 Pe 5:7b). A ansiedade, o medo e a preocupação prejudicam a nossa fé e o nosso relacionamento com Deus. Mexem não só com a nossa vida espiritual, mas também com a nossa saúde física e mental. Além disso, criam problemas em nosso metabolismo, no sono, podem causar taquicardia, elevação da pressão arterial e aumento do risco de Acidente Vascular Cerebral – AVC e causar a depressão, vista hoje por muitos como o mal do século. Veja quantas coisas ruins a ansiedade, o medo e a preocupação podem causar na vida de uma pessoa. Em casos agudos de ansiedade, medo e preocupação, muitas pessoas passam a viver num estado de desequilíbrio emocional e comportamental grave, chegando muitas vezes às raias de uma fobia (Fobia: do grego phobos – s.f. 1. medo exagerado 2. Falta de tolerância; aversão – um estado de angústia, impossível de ser dominado, que se traduz por violenta reação de evitamento – Dic. Houaiss). Por outro lado, quando confiamos em Deus, o oposto acontece. A esperança, o controle, o domínio próprio, a serenidade e a racionalidade tomam lugar, pois diante de situações de lutas e sofrimentos, o Senhor Deus nos dá uma paz que excede todo o entendimento (Fp 4:7), paz que não é baseada em situações, pessoas ou bens materiais, mas independentemente de se ter ou não saúde, dinheiro, familiares ou amigos, ela é baseada em nosso verdadeiro amigo, em nosso bem mais precioso, no Príncipe da Paz – Jesus Cristo, Autor e Consumador de nossa fé. A fé em Jesus Cristo nos faz ter não pouca, mas muita paz, a fim de não tropeçarmos diante de lutas e tribulações da vida (Sl 119:165; Pv 3:1-2; Is 32:18).

É importante salientar também que: a) existe o lado sadio da ansiedade, que nos ajuda a manter o foco, pensamentos e desejos naquilo que buscamos e ansiamos e que sejam cumpridos o quanto antes. Dentro daquilo que se deve buscar e ansiar, o Senhor Jesus claramente diz que deve ser o “… Reino de Deus e a sua justiça.” (Mt 6:33); b) existe o lado sadio do medo que nos ajuda a evitar o perigo, mitigar riscos, fugir de situações que possam causar danos a nós e aos outros. Temos também outra faceta do medo, não na acepção da palavra medo propriamente dita, mas na acepção do temor reverencial a Deus, que todos nós devemos ter, temor esse pelo qual toda pessoa sábia inicia a sua sabedoria (Pv 9:10; 111:10), e que também nos ajuda a não pecar contra Deus (Pv 16:6); c) existe o lado sadio da preocupação, aquela que não nos deixa ser irresponsáveis, mas que aguça o nosso sentido de compromisso e senso de urgência, que nos ajuda a não sermos negligentes, displicentes, indolentes ou procrastinadores, aquela preocupação que mantêm na “pauta de nossa mente” os compromissos assumidos com a família, trabalho e sociedade. Adicionalmente para o cristão, existe também a preocupação no sentido de cuidado (zelo) pela obra de Deus (2 Co 11:2-3, 28; 1 Co 12:25). Entretanto, quando a ansiedade, o medo e a preocupação nos impedem de fazer o que precisa ser feito, segundo a vontade de Deus, então de sadia, acabam se tornando pecados e uma grande afronta ao nome de Jesus Cristo, pois demonstram a falta de confiança em Deus, e isso entristece o Senhor da Glória. Quando também agimos ou reagimos com medo diante de lutas e tribulações da vida, já não vivemos mais no amor de Cristo, pois Deus é amor (1 Jo 4:8) e o amor lança fora o temor. (1 Jo 4:18).

Ao lidarmos com a ansiedade, medo e preocupação de maneira bíblica, Deus nos abençoa tremendamente. Deus nos deu três recursos para lidar e enfrentar qualquer luta e tribulação de maneira agradável a Ele:

A Sua Palavra – Suficiente (2 Tm 3:16-17; 2 Pe 1:2-4; Hb 4:12; Pv 30:5; Cl 2:8);

O Espírito Santo – Necessário (Jo 14:26; Jo 16:13; Rm 8:5-11; I Co 2:9-15; Ef 1:13-14; 5:18);

A Oração – Vital (Mt 7:7-8; 1 Jo 5:14-15; Ef 6:18; Fp 4:6; Cl 4:2; 1 Ts 5:17; Lc 18:1; 1 Tm 2:1; 1 Jo 2:22; Sl 145:18-19)

Concluindo, devemos sempre lembrar que Deus nos deu para vencer a ansiedade, o medo e a preocupação, não um espírito de temor, mas de fortaleza, de amor, e de moderação (2 Tm 1:7). Precisamos confiar na Palavra de Deus e em suas promessas de todo o nosso coração. Veja os versículos bíblicos citados neste artigo e grave-os no coração (e no celular), lembrando-os sempre que você for tentado a ficar ansioso, com medo, ou preocupado. E, envie esses versículos para abençoar alguém que esteja passando por uma situação de ansiedade, medo e preocupação.

*2 ALGUMAS REFERÊNCIAS BÍBLICAS SOBRE ANSIEDADE, MEDO E PREOCUPAÇÃO:

Pv 12.25; Pv 15.13; Pv 17.22; Mt 6.34; Pe 5.7; Sl 55.22; Tm 1.7; Fp 4.6-7; Mt 6.25; Mt 6.31-33; Sl 37.3-5; Sl 37.39-40; Hb 13.5; Fp 4.11-13; Fp 4.19; Rm 5.1-5; Sl 125.1; Jr 29.11-13;

Portanto, fique firme no Senhor, porque “… Ele tem cuidado de vós.” (1Pe 5:7b).

________________________________________________________

*1Peter Issar – Ministra aulas e faz seminários em Bibliologia; Curso de Apologética Cristã; Curso de Autoconfrontação Bíblica da Biblical Counseling

Foundation – BCF, EUA, onde recebeu treinamento. Oferece serviços de Consultoria de TI; Consultoria em Desenvolvimento de Negócios; Tradução de

Inglês-Português. Atuou como diretor e gerente em multinacionais na área de TI nos EUA e Brasil. Tel.: (11) 2263-0402 – peterissa@hotmail.com

*2 Ref. Bíblicas: “A Bíblia Sagrada” – Versão Almeida Corrigida, Fiel (ACF) – Sociedade Bíblica Trinitariana do Brasil (SBTB). Rua Júlio de Castilhos, 108 – Belenzinho – São Paulo, SP – 03059-001 – Tel: São Paulo: (11) 2693-5663. Outros locais: 0800-12-4008 www.biblias.com.br E-mail: sbtb@biblias.com.br

Comments


bottom of page