top of page

Igreja em Orlândia aniversaria e ganha novo pastor

Nos dias 15 a 17 de julho de 2022, a IBIO – Igreja Batista Independente de Orlândia comemorou 55 anos de fundação, com a realização de uma série de conferências que teve como pregador, o irmão Duke Powell, filho do fundador da igreja, missionário estadunidense Bobby Joe Powell. Duke reside em Greenville, Carlina do Sul nos EUA, casado com Fran Powell, com quem teve 3 filhos e uma filha: Adam, Brad, Will e Meghan.

Ao comemorar seus 55 anos a IBIO recebeu de presente mais um pastor que foi ordenado no sábado, dia 16, depois de ter sido examinado a um ano, no dia 26 de junho de 2021, juntamente com o seu colega Ronaldo da Rocha, que foi ordenado em 17 de julho de 2021, no aniversário de 54 anos da igreja. Portanto, este é o segundo aniversário consecutivo que a igreja recebe, de presente, a ordenação de mais um pastor entre os seus membros.



Duke e Fran


Manu e João Pedro

O novo pastor

João Pedro Martins, 27 anos de idade, converteu-se a Cristo em junho de 2011 e formou-se em teologia no Instituto Pedra Viva. Também é formado em Serviço Social-Assistente Social, em dezembro de 2020. Casado com Emanuele Silva Ferreira Martins, em 25 de junho deste ano. Manu, como é conhecida, tem 23 anos, é formada em teologia e em direito. Oriunda da Igreja Batista Calvário em Morro Agudo SP, liderada pelo Pr. Edson Venâncio. Ela converteu-se a Cristo aos 13 anos de idade em janeiro de 2005 e na igreja trabalhava com crianças e no ministério de louvor.

Imposição de mãos

Testemunho pessoal de João Pedro

Meu chamado para o ministério começou em meados de 2013 quando Deus usou um amigo e irmão para despertar em mim o carinho pela pregação e exposição das Escrituras. À medida que fui me aprofundando na Palavra do Senhor fui conhecendo a imensidão de suas maravilhas e especialmente a grandiosidade do perdão de Cristo que nos redime e lava por completo. O processo de regeneração foi me auxiliando a ver o quanto as pessoas necessitavam ser cuidadas e amadas e através disso senti o meu chamado para o ministério pastoral.

Tive meus primeiros contatos com o púlpito bem no fim de 2014 e então em 2015 fui para uma congregação de nossa igreja, em Nuporanga SP, auxiliar o pastor até então responsável pela congregação e dar aulas para os jovens na EBD.

Passado um ano voltei para Orlândia e mais tarde iniciei e finalizei o curso de teologia no Instituto Pedras Vivas. Na igreja local tenho aprendido cada vez mais a amar cada um dos irmãos e visto que ir para o púlpito, além da seriedade e responsabilidade, me traz muita alegria e satisfação. Tenho visto cada vez mais que essa é a vontade do Senhor para minha vida. Sei que os planos dele são insondáveis e que tudo pode mudar, segundo a sua soberana vontade a qualquer momento. Em todo caso vejo que essa é minha missão hoje!

Casar-me recentemente com uma serva fiel ao Senhor é outro fator que me alegra e traz ainda mais desejo de trabalhar na obra. O apoio que minha ajudadora tem demonstrado, firma cada vez mais na minha mente a ideia de que o Senhor me quer nesse ministério. Ter bons pastores e grandes irmãos ao meu lado nesse período tem sido também um aspecto indispensável e sem isso, essa ainda pequena trajetória não estaria sendo possível de maneira alguma. Louvo a Deus pela vida de cada um deles que tem sido tão paciente em me auxiliar nas escaladas da vida cristã. O exemplo de vida de cada um tem me motivado a buscar o aperfeiçoamento e a trilhar uma linda trajetória no ministério segundo a maravilhosa graça do nosso bom Deus!

Tenho consciência de que muitos desafios envolvem essa excelente obra que almejo. Sei que os problemas chegam e que as pessoas falham conosco e que nós falhamos com as pessoas. Sei que podemos ser julgados e também sei que erramos, mas creio que, em todos os momentos, o bom Deus estará comigo guiando, guardando, corrigindo, disciplinando, restaurando e capacitando a servi-lo com cada vez mais amor.

Pastores presentes

Meu maior desejo é que tanto eu quanto minha esposa sejamos úteis na obra de Deus e que a igreja local saiba que podem contar conosco e que se sintam seguros em um dia me ter como pastor.

Commentaires


bottom of page