top of page

Senhor, tu não te importas? Ordeno-lhe

Lucas 10.38-42


O Senhor Jesus, sentia-se bem na casa de seus grandes amigos: Marta, Maria e Lázaro, que moravam em Betânia, um povoado bem perto de Jerusalém. Marta apreciava hospedar o Mestre. Era hospitaleira e considerava uma honra receber o Senhor como hóspede e fazia tudo para oferecer uma boa acolhida. Conforme o texto de Lucas 10.38, Jesus estava na sua casa, dessa forma, Marta se esmerou para apresentar-lhe uma calorosa recepção.


No entanto naquela época Marta não desfrutava de padaria na esquina, pra comprar pão com salame, disque pizza, restaurante, não tinha água encanada, fogão a gás, geladeira, pode ser, que Marta tinha o suficiente de comida para atender a sua família e seus empregados. Podemos conjecturar que Marta, corre pra cá, corre pra lá, coloca lenha na fogueira, mata frango, prepara carne, a água não é suficiente pra preparar a comida e quem sabe Marta chama Maria e diz: – Maria! Vai buscar mais água. Maria pega o cântaro, vai buscar água, passa pela sala, vê o Senhor falando e Maria não consegue resistir à doçura do Mestre, e fica ali ouvindo. As horas passando, Marta precisa de mais água, procura por Maria e onde estava? “Aos pés do Senhor, ouvido os seus ensinamentos”.


Talvez, Marta possa ter pensado: “Folgada, tanto serviço”. E ao invés de Marta chama Maria para ajudar, ela dirige para o Mestre e diz: – “Senhor, não te importas que minha irmã tenha deixado que eu fique a servir sozinha? Ordena-lhe, pois, que venha ajudar-me”.


Marta interrompeu Jesus para questionar: “Senhor, não Te importas?”


Quantas vezes fazemos essa mesma pergunta, questionamos a Deus por situações que estão acontecendo em nossas vidas. Senhor Tu não te importas? Cada um de nós temos um: “Não Te importas?”. Achamos que Deus nos deve alguma coisa, afinal de contas, fazemos tudo certinho.


A verdade é que quando vai tudo bem, acreditamos que Deus nos ama, até quando Ele diz: “não, isso não é para você, ainda não é chegada a hora”, então fazemos igual uma criança, quando quer alguma coisa, tem que ser naquela hora.


Os pais ensinam e cobram obediência aos filhos, e o filho quando ainda não entende que os pais não devem obediência a ele, fica nervoso. Um filho de cinco anos, chegou para a mãe, que estava com pressa para terminar de lavar a louça, e faz um pedido, a mãe responde: “Agora não!”. Ele saiu pisando duro, e disse: “Não sei por que, mãe não obedece ao filho”. Não somos diferentes com Deus, quando somos imaturos, queremos que Ele nos obedeça e faça tudo do nosso jeito. Marta questionou e deu uma ordem para Jesus: “Senhor, não Te importas […]? “Ordena-lhe […]”. Nós fazemos da mesma forma: “Senhor tu não te importas com isso? Eu te ordeno que faça isso”.


Não devemos questionar e dar ordem a Deus, devemos reconhecer que: “Ele manda e nós obedecemos, Ele é o criador, nós somos criaturas, Ele é o Senhor, nós somos seus servos, Ele governa, nós somos seus súditos, Ele é o pai nós somos seus filhos”, por isso, quando vier algum questionamento ou ordem da nossa parte para com o Senhor, que possamos pedir perdão e seguimos o exemplo de Paulo: “…aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece”. Fl. 4.10-13.


Deus é soberano, não devemos questioná-lo ou dar-lhe alguma ordem, por que Ele se importa com seus filhos e dará tudo quanto pedir no momento certo de acordo com a Sua perfeita vontade.








Comentarios


bottom of page