top of page

Fique alerta, estamos em guerra!

Há uma guerra sendo travada ao nosso redor, visando as nossas mentes, famílias, amigos e futuro. Quer gostemos, quer não, estamos envolvidos nela. Esta guerra espiritual invisível tem sido mencionada desde o Velho Testamento ao Novo Testamento e trava-se ao redor de cada um de nós o dia inteiro, todos os dias.

O momento presente não é um momento que possamos viver de forma passiva. Está na hora de, sabiamente, manter a nossa posição e lutar. Enquanto crentes em Jesus Cristo, temos acesso à armadura suprema para as nossas batalhas: a armadura de Deus. No entanto, nosso Deus nos capacitou com todas as armas necessárias para nossa luta. Estamos em guerra! Mas, estamos no lado do onipotente! E a onipotência não pode perder.

A armadura de Deus é uma metáfora usada no livro de Efésios para descrever a proteção e o poder espiritual que estão à nossa disposição enquanto seguidores de Cristo. Cada cristão precisa vestir sua própria armadura, lembrando que a armadura de um não serve para o outro. Os princípios aqui ensinados devem ser usados por cada cristão individualmente para que sua vida esteja protegida.

A linha foi traçada. Não iremos ceder nem mais um pouco do nosso território ao inimigo. Precisamos equipar-nos, e ficar firmes na nossa posição e lutar. Já não somos ingênuos diante dos esquemas do Diabo. Conhecemos os seus alvos e objetivos. Hoje permanecemos na verdade da Palavra de Deus, despertos e cientes das batalhas que nos rodeiam. Hoje escolhemos permanecer no poder da verdade de Deus, equipados com a armadura que ele nos tem dado e escolhemos envolver-nos nas batalhas presentes, lembrando-nos que Deus já venceu a guerra.

Os versos 10 e 11 de Efésios 6 diz: “Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo.”

Há muitas pessoas que não gostam de falar sobre isto, mas quer nos apercebamos ou não, temos um inimigo real que não joga limpo. Você já experimentou interrupções nos momentos em que você está tentando se acalmar e fazer sua hora devocional? Já enfrentou barreiras externas e até mesmo internas quando escolhe um momento para orar? Já se sentiu desencorajado achando que Deus não se importa com seus problemas e, por isso não adianta orar?

Queridos, nenhuma dessas interrupções foi acidental ou coincidência. É tudo parte de um plano. Alguém tem estado a te observar, conhecer tuas fraquezas e as áreas vulneráveis de sua vida. Podes não ter percepção disto, mas Satanás sabe o teu passado, os teus erros e que tentações fazem tremer os teus joelhos. Ele tem um plano estratégico para fazer com que não consigas cumprir o propósito de Deus para ti, e irá fazer tudo o que estiver ao seu alcance para fazer-te falhar. Como é que podemos fazer frente a ataques invisíveis que são intencionalmente planejados para a nossa destruição e a destruição daqueles que amamos? Permaneçamos na força do poder de Deus, não na nossa própria força.

Trata-se de uma batalha espiritual que, por vezes, pode passar para o domínio físico, mas que é sempre travada com armas espirituais. Não te deixes enganar, a guerra espiritual é real, mas as armas com que Deus nos equipou para lutar contra as trevas também o são.

Vamos revestir-nos com a armadura que o nosso Pai nos deu. Não mais seremos ingênuos em relação às batalhas que se insurgem à nossa volta. Não mais seremos vítimas dos planos de Satanás. Não. Mil vezes NÃO.

Iremos permanecer revestidos da armadura com que Deus nos equipou para as batalhas que enfrentamos, lembrando-nos de que a guerra já foi vencida. Lutamos numa posição de vitória, não de derrota.

Efésios 6:12 diz: “Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e, sim, contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes.”

Sejamos honestos: na maioria dos dias, sentimos que a nossa luta é contra outras pessoas. Porém, em Efésios 6:12 lemos exatamente o oposto. As pessoas que se opõem a nós, que nos desencorajam, ou que nos atacam, podem parecer ser os nossos inimigos reais. Mas a nossa luta não é contra pessoas, organizações, ou partidos políticos.

A luta espiritual é tida no domínio do invisível, mas os seus efeitos são, muitas vezes, sentidos de uma forma física. Tentações e conflitos não são coisas que surgem aleatoriamente. Há um mentor orquestrando e planejando nos derrubar, usando toda a sua inteligência para colocar fatos, pessoas e atrativos que sejam ciladas para nos afastar do caminho. Nossos inimigos são as hostes demoníacas de Satanás, sempre preparadas para um combate mortal.

A luta é bem próxima e pessoal. O nosso adversário está completamente empenhado a dar o seu melhor golpe. A nossa batalha decorre no domínio espiritual contra Satanás e os seus demônios. O nosso inimigo nos conhece muito bem, por isso usa exatamente as coisas que nos deixam fragilizados. No entanto, um fato importante para vencermos uma batalha é conhecermos nosso inimigo para que possamos usar as armas certas em cada ataque.

Há versículos no Velho e Novo Testamentos que falam sobre estas forças demoníacas que lutam contra nós. I Pedro 5:8 “Sede sóbrios e vigilantes. O Diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge, procurando alguém para devorar.” O seu objetivo é destruir as nossas vidas, ou pelo menos tornar-nos inúteis no reino de Deus. Satanás incita-nos a ceder a impulsos que viciam e a nutrir o egoísmo e a ganância. Como podemos resistir a essa tentação direta? Jesus usava uma técnica defensiva de dois passos: primeiro, Ele ordenava a Satanás que se retirasse; depois citava as escrituras. Nós temos autoridade para dizer a Satanás que vá embora quando percebermos seus dardos inflamados sendo lançados contra nós. Há grande poder em memorizar as escrituras e usá-las como escudo na hora da tentação. Tiago 4:7 diz “Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós.” Que promessa maravilhosa! Creia nisso! Aproprie-se dessas verdades! Seja vitorioso! Resista ao Diabo e ele fugirá de você. Não deixe brechas em sua armadura para que ele a use e consiga te derrubar. Mantenha-se alerta! Estamos em guerra!

Satanás odeia a Deus e quer destruí-lo. Como és um filho de Deus, és um alvo de seus ataques, porque Satanás quer destruir tudo aquilo que Deus ama. Precisamos de estar muito cientes desta realidade, mas não ter medo dela. Há um equilíbrio possível entre ter consciência de que Satanás existe, bem como os seus demônios, as suas atividades e as suas influências, mas não viver com medo e preocupação constantes sobre isso. Deus nos dá promessas de vitória: I João 5:4,5 “Porque tudo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé. Quem é o que vence o mundo senão aquele que crer ser Jesus o Filho de Deus?” Sempre faça o pedido que Jesus nos deixou registrado ao ensinar seus discípulos a orar em Mateus 6:13 “E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal pois Teu é o reino, o poder e a glória para sempre, amém.”

Satanás não é equivalente a Deus; Deus é sem igual. Então, apesar de vivermos cientes desta batalha invisível, não vivemos com medo dela. No final de tudo, Satanás será derrotado definitivamente conforme Apocalipse12:11 “Eles pois o venceram por causa do sangue do Cordeiro e por causa da palavra do testemunho que deram, e, mesmo em face da morte não amaram a própria vida.” Viva com Deus, ame a Deus e a Sua Palavra, submeta-se a Deus e resista ao Diabo. Esse é o caminho para a vitória diária. Viva um dia de cada vez. Lute hoje! Vença as tentações de hoje! Amanhã as misericórdias de Deus se renovarão em sua vida e você terá forças para as novas batalhas!!! Que magnífico!


コメント


bottom of page