top of page

Revelando aos pequeninos

Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos. (Mt 11.25)

Cientes do poder da sua mente e raciocínio para ajudá-los na procura do conhecimento divino, assim agem os sábios e entendidos. Os pequeninos são aqueles cuja preocupação principal não é a mente e o seu poder, mas o coração, a sujeição, a humildade, a confiança e o amor, requisitos encontrados por Deus naqueles a quem Ele ensina (Sl 25: 9, 12, 14, 17, 20).

A Pedagogia diz que há duas maneiras de ensinar. O professor comum tem como objetivo transmitir conhecimento. Mas o bom professor considera a aquisição de conhecimentos com o objetivo de usá-los para desenvolver o seu potencial, resolvendo problemas e alcançando metas.

Há, também, dois tipos de pregadores. Alguns lançam para os seus ouvintes instrução, argumentos e intermináveis apelos, do que lhes é oferecido. Mas o autêntico semeador busca o solo fértil do coração do ouvinte e assim ele procura, exatamente como fez o Senhor Jesus: ensinar a verdade de modo objetivo para cultivar no cristão aquelas qualidades sem as quais o conhecimento torna-se quase inútil. Estes ouvintes terão um espírito dócil, como o dos pequeninos, prontos para confiar, aceitar e obedecer ao ensinamento do Pai e assim receber o evangelho como uma criança.

Tenho eu levado em consideração o espírito dócil como o de uma criança como primeiro requisito no meu estudo bíblico? De que adianta o estudo bíblico sem esse espírito com o qual Deus revelará a Sua sabedoria oculta.

O primeiro propósito da pregação, do estudo bíblico é aprender a sabedoria oculta de Deus e a condição para obter esse conhecimento é aceitar o fato de que o próprio Deus o revela a nós. Se você não tem lido a Bíblia nesse espírito, confesse e abandone o espírito de autoconfiança, característica dos sábios e entendidos. Ore suplicando a Deus um espírito submisso e creia que você o receberá.

Não tente trazer esse espírito dócil para o seu coração por meio de reflexões ou argumentos. Aja de dentro para fora. Como uma semente, ele está dentro de você, na nova vida, nascido do Espírito Santo que habita em nós.

Numa época em que a internet ocupa um lugar essencial de comunicação, não podemos nos esquecer que nosso Deus é um Deus que fala, que se comunica com seus filhos. Ele criou o mundo com Sua Palavra, criou as plantas, os animais, os luminares e criou o homem e também conversou com ele no Jardim do Éden.

E depois da queda Ele continuou falando por intermédio dos profetas, durante séculos; mas diante da surdez dos homens, Deus falou diretamente através de Seu filho, Jesus Cristo, o qual nasceu sem pecado e através de Seus milagres, Suas ações e Suas palavras revelou o amor de Deus ao homem.

Por isso Ele diz: “Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos”. (Mt 11.25)

Quão precioso é que recebamos sempre a Palavra desejando que o Pai revele a Sua Verdade em nós! Quão importante é que apresentemos uma disposição infantil para aprender como a dos pequeninos, pois a estes o Pai deseja transmitir os segredos do seu amor!

Pense nisso!

Comments


bottom of page