top of page

Dificuldades e curiosidades encontradas em 1 Timóteo

A carta de Paulo a Timóteo é cheia de ensinamentos para o líder que dirige um rebanho. Há algumas dificuldades nessa carta, mas também algumas curiosidades. Vamos aprender, juntos, algumas delas?


1) O uso da Lei de modo legítimo (1.8). A lei serve para expor o pecador diante de Deus e deixá-lo em estado desesperador a fim de encontrar Cristo como sua única esperança. Portanto, a Lei de Moisés deveria ser usada para provar a culpabilidade do homem. Quando a Lei é ensinada ao crente com o objetivo de santificação, o resultado será o legalismo. A Lei é para o incrédulo como forma de acusação.


2) O ministério da mulher na igreja (2.11-13). A mulher não pode exercer autoridade espiritual sobre os homens adultos. O contexto se refere aos cultos públicos, portanto, a mulher pode ensinar homens incrédulos com o fim de levá-los a Cristo, bem como crianças, jovenzinhos e outras mulheres.


3) As qualificações dos líderes (3.1-12). Não se tratam de conselhos para se ter uma liderança ideal, mas uma exigência do próprio Deus para que uma igreja funcione. Se não há liderança, não há igreja, mas um ajuntamento de crentes. Sim, é uma bênção, mas precisam ficar mais completos.


4) Dieta por motivo religioso (4.2-5). Os crentes têm a liberdade de comer ou deixar de comer certos alimentos por motivos de preferência ou saúde, porém, não devem se tornar ascetas. O ascetismo usa a proibição de alguns alimentos e a escolha de outros com o objetivo de ganhar mérito diante de Deus ou buscar santificação. Além de não atingir esses objetivos é pecado, pois têm origem em ensinos de demônios (veja 1 Co 8.8). Um ensino bem atual, dada a popularidade que o ambientalismo e veganismo estão ganhando.


5) Viúvas verdadeiras (5.3). Paulo não está dizendo que há viúvas falsas, mas quer garantir que o dinheiro da igreja seja aplicado para o auxílio das viúvas, comprovadamente, desamparadas de qualquer sustento de familiares. Havia muitas viúvas, por isso, ele ordenou um requisito para as que seriam sustentadas pela igreja. As viúvas que preenchessem os requisitos eram chamadas “viúvas verdadeiras”.


6) As riquezas (6.9-10, 17-19). Deus não condenou o dinheiro, mas o amor ao dinheiro e a pressa em se enriquecer. Os que são ricos devem ver isso como bênção de Deus, mas não colocarem a esperança na riqueza. Os ricos crentes podem investir na eternidade através da generosidade aqui na terra. Evidentemente, na obra de Deus.


Textos difíceis e curiosos, não achou? O estudo da Palavra de Deus é fascinante. Quanto mais aprendemos, mais carecemos de conhecimento. O Espírito nos dá compreensão, mas Ele não trabalha a partir da falta de estudo e dedicação, mas dará conhecimento aos estudiosos e estes devem passar àqueles que ainda não têm prazer ou muito tempo para estudar a Palavra. Deus abençoe aos mestres e aos que estão caminhando para isso.

_____________________________________________

Pércio Coutinho Pereira

Professor do Instituto Bíblico Peniel em Jacutinga MG

Pastor da Igreja Batista Bíblica em Jacutinga MG

WhatsApp: WhatsApp (35) 99210 9841




Kommentare


bottom of page