top of page

Peregrinos em terra estranha

“Peregrinos em terra estranha: ensaios gerais sobre os Anabatistas”


Hoje em dia há um movimento de interesse pelos eventos da Reforma Protestante e pelos reformadores em geral, tanto no tocante à sua teologia (o que eles criam) quanto à sua história. Deste interesse emerge uma busca pelo conhecimento da época, testemunhos sobre os fatos ocorridos e personagens envolvidos nestes fatos.


Ocorre que há um grupo que, devido a testemunhos de seus inimigos da época, possui má fama ou má compreensão tanto pela sua teologia (o que criam) quanto pela sua história (o que faziam). Este era o grupo denominado anabatista.


Os anabatistas eram um grupo distinto dos católicos e protestantes, tanto em sua origem (Idade Média) quanto no seu entendimento de várias doutrinas. No entanto, isso não significa que eram heréticos ou que possuíam doutrinas estranhas ao cristianismo bíblico e ortodoxia histórica, talvez por não se enquadrarem em nenhum dos dois, muitas acusações foram feitas de forma injusta e errônea de ambos os lados.


Neste livro, “Peregrinos em terra estranha: ensaios gerais sobre os Anabatistas”, o jovem autor Sitri Silas, que é filho de pastor e dedicado ao estudo da História da Igreja, trata desse grupo controverso, mas de grande importância para entender aquele período da história da igreja.


O autor:



Sitri Silas Batista Lobato Siqueira, é graduado em Ciências da Computação e Pós Graduado em Finanças e Controladoria. É estudante autodidata de História da Igreja e, especialmente, dos Anabatistas.


O livro:



Editora Literatura Batista

Comercializado pela UICLAP:


Vídeo-resenha do livro:


bottom of page