top of page

E os jovens?

Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão;

(Isaías 40.30)


Estou ciente que esse verso da Palavra de DEUS trata de como o SENHOR fortalece os que O servem, mas é interessante como podemos ver sua aplicação ao afastamento de boa parte dos jovens das igrejas locais e da própria Igreja.


Alguns afirmam que os jovens abandonam a fé cristã por não verem nela as respostas que buscam. Outros dizem que a linguagem nas igrejas deve ser modernizada para poder se comunicar com as novas gerações. Uns vão mais longe ainda e afirmam que alguns princípios cristãos devem ser revistos a fim de que possam ser aceitos pelos jovens.


Nada disso é verdade.


Todas as pessoas, em todos os tempos e de todas as gerações, rejeitam a ideia de submeter-se ao Senhor JESUS por amarem seus pecados e o que acreditam ser seu "direito" de liberdade de escolha.

Não estou afirmando que devemos preservar a liturgia de séculos atrás, é claro que alguns aspectos litúrgicos podem ser mudados e que passaremos a usar ferramentas modernas de comunicação e o próprio uso da linguagem passará por reformulações, mas a Doutrina não deve ser mudada e uma suposta modernização não pode alterar o que é ensinado e tampouco "suavizar" a Mensagem. Aprecio os hinos do Cantor Cristão e onde sirvo como pastor sempre os cantamos, mas também gosto muito de algumas músicas contemporâneas.


Alguns grupos religiosos têm evitado ensinar aos jovens Teologia e Doutrina Cristã nas suas reuniões e aos que neles congregam e lhes empanturram com entretenimento, emocionalismo, shows e diversão. Fazem isso, segundo seus líderes, para "manter os jovens congregando". O resultado é que há um franco decrescimento não só no conhecimento bíblico, temos visto um enfraquecimento moral e um aumento do mundanismo e da rejeição às doutrinas fundamentais da fé cristã.

 

Seminários teológicos que formam motivadores pessoais e não ministros da Palavra de DEUS. A função pastoral ocupada por homens que estão mais preocupados com curtidas e seguidores nas redes sociais. Moços e moças que postam fotos que visam promover seus atributos físicos, suas atividades de entretenimento e o que comem, mas que não compartilham a Palavra de DEUS.

Uma geração vazia que está começando a assumir a liderança das igrejas locais e nisso apenas perpetuam e reforçam a espiral de distanciamento de DEUS.


Se queremos servir a DEUS, devemos ensinar Sua Palavra às novas gerações e levá-los, por meio do discipulado cristão, a terem amor ao compromisso de servir no Reino de DEUS.

É provável que nesse processo muitos se afastem do SENHOR e de Sua Igreja. Esse será o processo de limpeza e ele é necessário para que novos ramos possam crescer com saúde e sejam produtivos.


Pensem nisso!


Victor Hugo Ramallo

Pastor batista conservador independente

 

Comments


bottom of page