top of page

Gerenciando a ansiedade e o uso das redes sociais

Uma abordagem bíblica para gerenciar a ansiedade e o uso das redes sociais


Estudos dizem que, o (mal) uso das mídias sociais, têm sido a principal causa do aumento de casos de ansiedade e depressão. Principalmente em crianças e adolescentes.

 

O brasileiro passa, em média, 9 horas e 32 minutos por dia na internet. Com isso, o País é o SEGUNDO com mais horas diárias gastas na web em todo o mundo, ficando somente atrás da África do Sul (9h38min).

 

Não é à toa que o Brasil ocupa o PRIMEIRO lugar em ansiedade no mundo!

 

Sejamos realistas: as redes sociais estão em todo o lado. É assim que ficamos conectados, compartilhamos momentos e acompanhamos as novidades. Mas você já percebeu como isso às vezes faz você se sentir esgotado, ansioso ou inadequado? Esse fluxo interminável de atualizações, vidas perfeitas e notícias pode ser muito difícil de lidar.

 

No entanto, em meio a tudo isso, as redes sociais também podem ser uma fonte de alegria e conexão. É tudo uma questão de encontrar o equilíbrio certo.

Em nossa caminhada cristã, muitas vezes ouvimos falar de confiar em Deus e não nos preocupar. A Bíblia está repleta de versículos como Filipenses 4:6-7, que nos lembram de não ficar ansiosos com nada, mas de apresentar nossos pedidos a Deus. É reconfortante, certo?

 

Mas aplicar essas verdades pode ser um desafio, especialmente quando nossos telefones ficam cheios de notificações. A ansiedade, do ponto de vista cristão, não é apenas um sentimento; é um sinal para nos voltarmos para Deus em busca de paz e contentamento.

 

Imagine começar e terminar o dia não com uma tela, mas com momentos de oração, reflexão ou leitura das Escrituras? Esta mudança estabelece um tom de atenção plena e intencionalidade, permitindo-nos concentrar-nos no nosso crescimento espiritual e assim saber usar as redes sociais com sabedoria.

 

 "Guardei tua palavra em meu coração, para não pecar contra ti." Salmo 119:11

 

"Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas."

Filipenses 4.8

___________________________________________________

Ana Carolina R de Oliveira Santos

Pós-graduada em Neuropsicopedagogia e Educação Infantil

Autora do E-book: TDAH numa perspectiva bíblica.

Casada com Pr. Marcos Vinicius, mãe de dois meninos e uma menina

Missionários na cidade de Itaara RS.

Comments


bottom of page